Seguro do ramo Vida

Que tipos de seguro/operações são explorados no ramo vida? | O que é o resgate? | O que é o reembolso? | Em que consiste o direito à participação nos resultados? | O que é a redução? | Como é pago o prémio? | Quando e como deve ser feito o aviso para pagamento do prémio? | Quais as consequências de não pagar o prémio? | Que documentos podem ser pedidos pelo segurador para que pague o capital seguro (valor de resgate ou de reembolso)? | Qual é o prazo para o pagamento dos valores de resgate e de reembolso? | O que é um seguro de vida? Porque é importante fazer um seguro de vida? | Quais as informações que o segurador tem de prestar ao tomador do seguro, antes da celebração do contrato de seguro de vida? | Que informações devem constar da apólice de seguro de vida? | O que são seguros de nupcialidade/natalidade? | O que são seguros ligados a fundos de investimento (ou unit linked)? | Um seguro ligado a um fundo de investimento garante um rendimento? | Que informações devem constar da apólice de seguros ligados a fundos de investimento? | O que são operações de capitalização? | Que informações devem constar das condições gerais e especiais das operações de capitalização? | Qual a diferença fundamental entre uma operação de capitalização e um seguro de vida? | Qual a diferença fundamental entre uma operação de capitalização e um seguro de vida ligado a um fundo de investimento?

 
O que é um seguro de vida?

É um seguro que garante, como  cobertura principal, o risco de morte ou de sobrevivência (ou ambos) de uma ou várias  pessoas seguras. Pode também incluir, como coberturas complementares, o risco de invalidez, de acidente ou de desemprego.

No seguro de vida que cobre o risco de morte da pessoa segura (seguro em caso de morte), o segurador paga ao  beneficiário o capital acordado, se a pessoa segura morrer durante o período fixado no contrato.

No seguro de vida que cobre o risco de sobrevivência da pessoa segura (seguro em caso de vida), o segurador paga ao beneficiário o capital acordado, se a pessoa segura se encontrar viva no final do contrato. Estes seguros são usualmente utilizados para a constituição de uma poupança. Neste caso, o beneficiário pode ser a própria pessoa segura.

Existem ainda modalidades mistas que englobam ambas as situações, ou seja, o segurador paga em caso de morte e em caso de vida da pessoa segura, regra geral com capitais distintos.

 
| |
 

ATENDIMENTO PÚBLICO

Av. da República,76, 1600-205 Lisboa

E-mail: consumidor@asf.com.pt

Horário de Funcionamento:
Das 9h às 16h

 

A Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões utiliza cookies nos seus sites, para melhorar o desempenho e a experiência do utilizador. Para saber o que são cookies e como são usados nos nossos sites, por favor, aceda à política de privacidade. Poderá optar por desativar os cookies, no entanto, se o fizer, algumas partes do nosso site poderão não funcionar corretamente.